quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

E POR AI VAI, A LENIÊNCIA COMO PADRÃO

Com Felipe Klamt

Fiquei pensando, para que analisar os nomes escolhidos pela Roseana Sarney na composição do seu secretariado?

Nada vai alterar as vontades da governadora, os ditos foram colocados para manter tudo como está, sem inventar nada que altere o mesmo de sempre. A leniência como padrão.







Parece que para os da terra vai o do latifúndio, para negociar as relações institucionais escolheram um comerciário, interessante, querem dar as costas para os projetos especiais. E por ai vai.

Sem esquecer aquele monte de ocupantes que já estavam e foram ficando. Nada demais lembrar os que vão ser contemplados por terem conseguido perder as últimas eleições. Bem prático.

Um estranho futuro de quatro anos....

Com imagem site Lixeira Dourada

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

VAMOS COM JOISIANE GAMBA - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Joisiane Gamba

Será o que já vem sendo, é o presente no futuro, isto é um Maranhão dominado pela falta de liberdade, onde quem diverge é neutralizado pela coerção ou pela cooptação, dependendo do caráter do opositor, este será comprado, lançado ao ostracismo ou criminalizado e difamado.

A participação social já está sendo fragilizada, basta vermos como estão os conselhos de direito, conquista histórica dos movimentos democráticos, espaços de controle das políticas publicas foram relegados ao imobilismo, nem o orçamento necessário ao seu funcionamento é conhecido, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos, não tem conhecimento do seu orçamento e funciona a duras penas, ora apoiado pela iniciativa de um ou outro servidor ou servidora, que lhe facilita o acesso ao computador, ao celular ou algo similar.

Como considero que o sucesso ou fracasso de uma política e da democracia sejam regidos pela participação concluo que os dias serão difíceis, mas como também acredito que o movimento social tem força e capacidade para reagir sou otimista de que haveremos de garantir conquistas emancipatórias para o nosso Estado.

Como Membro da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos

Como convidada do Blog para participar da Consulta de Opinião

VAMOS COM ZEMA RIBEIRO - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Zema Ribeiro

Como será o Maranhão com a Roseana? Eis aí uma pergunta por demais fácil de responder: basta trocarmos o tempo do verbo e perguntar "como é o Maranhão com a Roseana?". Ou trocarmos um membro pela família: "como é o Maranhão com os Sarney?". A resposta está aí, na cara, para quem quiser ver: sob todos os aspectos, um dos estados mais ricos da federação com, sob todos os aspectos, os piores indicadores sociais e econômicos. O Maranhão com a Roseana será a continuação do Maranhão com o que há de pior na política, com a vergonha de não ter conseguido ainda sua independência: o último estado brasileiro que ainda vive sob o jugo oligárquico, com tanta gente na miséria, passando fome e com seus direitos violados, um trágico e assombroso quadro que precisa urgentemente ser modificado.

Como Jornalista e Blogueiro

Como convidado do Blog para participar da Consulta de Opinião

VAMOS COM EDSON VIDIGAL - REZA COM VASSOURINHA

Com Edson Vidigal 

Nada de ser bonzinho com o dominador,
De ser simpático,
De ser gentil,
Nada de gracinhas com o dominador.

Lembrai-vos de Rimbaud:
- Por gentilezas, perdi minha vida.

Nada de tréguas,
Fiquemos em léguas,
Muitas léguas distantes
Desse tipo de gente.

Porque reparando bem, gente,
Eles não se assemelham à gente,
Eles não vivem que nem a gente,
Eles têm é raiva da gente.

Sejamos chatos se preciso, chatos
No sentido de insistentes,
Mais insistentes que os grilos
Em suas cantigas, que incomodam...

Com a fé em Deus, incomodar,
Com a fé no Povo, incomodar
Até que se o dominador se retire,
Se retire ou se vá. Se retire ou se vá.

Como Militante Político pelo PSDB

sábado, 25 de dezembro de 2010

VAMOS COM FREDERICO LUIZ - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Frederico Luiz

O terceiro governo de Roseana Sarney, infelizmente, será a continuação dos seus trágicos dois governos anteriores. Não se trata de vaticínio pessimista nem esquerdismo infantil. Os fatos falam mais altos. Entre outros exemplos, destaca-se o compromisso assumido na campanha eleitoral, de concluir os 72 hospitais até o fim do ano de 2010. No mínimo, a governadora deve explicações sobre o descumprimento da promessa.

Em relação à Dilma Rousseff, tenho razões para confiar que a
primeira mulher presidente deve fazer uma boa administração. Ela se
mostra intolerante com quaisquer condutas vedadas a administrador
público.

Como Comunicador Independente da Região Tocantina

Como convidado do Blog para participar da Consulta de Opinião

Ê MARANHÃO - BOLETIM ELETRÔNICO 25

ê-maranh@o
Boletim Eletrônico do Projeto “Nós de Rede”. Nº 25 - 24/DEZ/2010


Feliz Natal e próspero 2011. São os votos dos blogueiros progressistas, tuiteiros e organizações da rede Ê-Maranh@o a todas e todos que desejam a mudança no Maranhão, a defesa dos Direitos Humanos e a Democratização das Comunicações. Muita luta, muita paz, muita saúde, muitas felicidades a todos nós!

Ê-Maranhão, boas festas e feliz ano novo!

BLOGUE DU BOIS

Henrique Bóis narra seu encontro com Nauro Machado e comentam a poesia Natal, de Fernando Pessoa.  (saiba mais aqui).

ALICE NO PAIS DAS MARACUTAIAS

Abra seu coração e siga o Guia, conforme os magos. Seja generoso como José. Corajoso como Maria. Fértil como a estéril Isabel. Convicto como o mudo Zacarias. Alegre como aqueles que são acordados nos campos pela voz de anjos. Capaz de antever a salvação como esperança mesmo que você seja velho como Simeão e idoso como Ana. (leia mais).

blogue do hugo freitas

O ano está acabando e o que temos a comemorar? O aumento salarial de toda a aristocracia que governa este país ou a aprovação de um "mínimo" de trinta reais de reajuste? (leia mais).

ECOS DAS LUTAS

Ecos das Luta publica a poesia "O Menino do morro do Alemão", de Antonio de Pádua Silva Sousa, divulgado por Deíla Maia, em seu projeto "Poesia de Quinta". (leia mais).

com continuação

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

VAMOS COM EDSON VIDIGAL - SER E TER

Edson Vidigal

Não vem ao caso lembrar as circunstancias dos começos, quase todos muito difíceis, até porque não é o acaso o grande feitor das coisas.

Como tudo na vida, as coisas se fazem com começo, meio e fim. As coisas boas têm fim, as coisas ruins têm fim. A vida, enfim, com tudo de bom e de ruim, tem fim.

Só o amor, porque vem antes da vida e transcende à vida não acaba, não pode ter fim.

Muita gente, muita gente mesmo, padece de uma dificuldade em compreender que esse espaço de tempo entre uma coisa e outra, um dia acaba.

Quantos não estão agora nestas vésperas se lembrando do quanto foram mimados em incontáveis votos de boas festas, votos sólidos, alguns robustos, muitos engarrafados, todos parecendo se destinar apenas à urna da amizade imorredoura na cabine indevassável de um inoxidável afeto.

Só os tolos, aqueles que logo se embriagam no primeiro gole do poder, podem acreditar que os mimos todos com que são cercados antes das festas, durante as festas e depois das festas, mas só enquanto estiverem em seu naco de poder, são mesmo por causa deles, da inteligência deles, da beleza deles, das qualidades deles.

Estar no poder, há quem acredite, faz até a feiosa parecer bonita, o baixinho pançudo parecer elegante, o chato pedante parecer filosofo, o idiota incapaz capaz de tudo, o truculento verbal parecer diplomata, o velho meliante parecer uma vestal, o poder, enfim, definia Kissinger, é até afrodisíaco.

Estar por um longo tempo no poder esquecendo-se todo o dia de se lembrar que um dia haverá a véspera do dia seguinte é se imaginar capaz de parar o sol a qualquer momento da sua trajetória diária em suas alvoradas e crepúsculos.

Não se preparar com muita antecedência para o desembarque do dia seguinte, preparação essa que, aliás, deve começar desde o primeiro dia de exercício do poder, é se achar o imortal poeta de tudo quanto é marimbondo e, assim, não se achar o mais tolo dentre todos os tolos encontráveis até mesmo nos Evangelhos do Velho Testamento.

Não agir como um tolo é saber distinguir-se entre a pessoa que você sempre foi se esforçando todo dia para ser uma pessoa melhor e a pessoa no poder que você de fato não é porque exercendo o poder você é não é mais que um dos encarregados de mover com a força da autoridade que lhe deram as engrenagens para as coisas acontecerem.

Dependendo de como você exerce a sua autoridade, as coisas podem acontecer em resultados bons, ruins ou maus, sobrando, assim, para todo mundo.

Então os mimos com que cercam a pessoa investida no poder da autoridade, e até mesmo os seus parentes e amigos também são cercados, nada disso tem a ver com as pessoas no que elas são desde o antes e no que elas voltarão a ser completamente a partir da véspera do depois.

Por isso, o bom é quando depois de tanto tempo fora do poder a presença que se registra continua sendo aquela dos velhos amigos, os mesmos de muito antes e também dos poucos que no enquanto surgiram e que souberam manter-se no durante, todos eles para todo o sempre.

O problema é que muitos no poder ainda confundem o ser com o ter. Acabam misturando a essência do que são ou poderão ser como pessoa com as fuligens do poder que imaginam ser coisas suas, pessoais, e não são.

Olha, gente, isso tudo é tão passageiro. Algumas vezes até demora, mas um dia passa. E acaba.

Como ex-Presidente do STJ e Professor de Direito na UFMA, escreve para o Jornal Pequeno às quintas-feiras.

VAMOS COM MIOSÓTIS LÚCIO - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Miosótis Lúcio

Como será a política sem corrupção? Como serão secretarias administradas por profissionais escolhidos por seu currículo técnico e não apadrinhamento político?
Como será a administração pública voltada para atender as necessidades da população, respeitando o dinheiro público?
Como será a Saúde com Programas de Assistência Básica em pleno funcionamento, hospitais equipados e com atendimento humanizado?
Como será uma Educação de qualidade, que vença os mais baixos índices nacionais, apresentados nas cinco últimas décadas?
Como serão nossos jovens formados e tendo não um “primeiro emprego”, mas uma profissão que os realize?
Ufa! Tantas perguntas elementares, que serão respondidas positivamente quando conseguirmos fazer diferente. Sim, pois não é possível chegar a resultados diferentes fazendo sempre as mesmas coisas.
O Governo Roseana Sarney mostra-se o mesmo já de agora, já de antes, quando do resultado de vitória ínfima nas urnas;
que nos deixa não com pulgas, mas com as urnas eletrônicas e práticas eleitorais duvidosas “atrás da orelha”.

Como Liderança do PPS

Como convidada do Blog para participar da Consulta de Opinião

VAMOS COM VICTOR ASSELIN - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Victor Asselin

O que pode se esperar de um governo que chegou a conquistar este espaço após uma eleição indecente e anti-ética como o foi a eleição de 2010 ? O que pode se esperar  de representantes que são reconhecidos como sendo políticos apaixonados pelo PODER e pelo enriquecimento pessoal? O que esperar de um governo que, há décadas, ensinou que eleitores se compram e que a toda pessoa só lhe resta: vender seu voto e até procurar um comprador?

Mas há uma esperança: despertando a necessidade da organização, o povo dirá um chega e afirmará sua vontade de ser cidadão e cidadã, assumindo mais um tempo para que chegue a libertação. Chegará trabalhada e sofrida, mas definitiva.

Como Padre e Militante dos Direitos Humanos

Como convidado do Blog para participar da Consulta de Opinião

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

VAMOS COM UM GENIAL NATAL - SEJAMOS FELIZES


Com imagens Site Ivan Jerônimo

VAMOS COM EDSON VIDIGAL - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Edson Vidigal

Se ainda houver Estado, será um Maranhão em cenários mais horríveis.

Da mesma maneira em que não se piora um Estado da noite para o dia, mas em décadas de travos gerando atrasos, também não se obtém melhoras em meses. Sofro, de logo, pelas próximas gerações.

Mas ainda há tempo de, realizando uma Oposição ativa, evitarmos coisas muito piores.

Como Líder do PSDB

Como convidado do Blog para participar da Consulta de Opinião

COM NOEL MARANHENSE - VAMOS COLORIR O NATAL DAS NOSSAS CRIANÇAS

Com Felipe Klamt

As nossas crianças ainda têm fome e moram em casas de taipa.

Com imagem site Colorir Desenhos

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

COM COMPOSIÇÃO DE GOVERNO - MESMO MISTURANDO

Com Felipe Klamt

.....mesmo misturando.....Casa – Palácio – Esportes – Bulcão – Trabalho – Tamer – Ambiente – Trinchão – Cidades – Macêdo – Comunicação - Mendes – Políticos – Haickel – Cultura – Vieira – Direitos – Simão - Igualdade – Escórcio – Comércio – Heluy – Turismo – Jura – Juventude – Guterres – Tecnologia – Victor – Social – Andrade – Saúde – Gomes – Agrário - Barros – Mulher – Leite – Pesca – Claudete – Educação – Gondin – Fazenda – Bacelar – Energia – Ribeiro – Orçamento – Ferreira – Segurança – Rocha – Infraestrutura – Batista – Pesca – Fernando – Licitação – Murad – Militar – Sarney......não serve para nada.


Com imagem Blog Camisateria

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

COM DIREITOS HUMANOS - O CINISMO NÃO VENCE A VERDADE

Com Felipe Klamt

No governo de José Reinaldo os movimentos sociais conseguiram excelentes conquistas, havia um canal aberto para as negociações com os segmentos de representação popular.







Nos conselhos estaduais foram construídos muitos dos processos que atualmente fortalecem os direitos individuais dos maranhenses.

A estrutura da gestão Tavares tinha muitos radicais de direita que tentaram obstruir os processos progressistas, a capacidade e sensibilidade do governador apoiado por um ministério público independente possibilitaram estes avanços que foram acompanhados e ratificados pelos órgãos que atuavam nestas áreas no governo federal.

Os representantes dos movimentos e do executivo implantaram o conselho estadual dos direitos humanos, espaço legítimo de discussão e planejamento das formas e ferramentas de consolidação da política em defesa dos membros que compõe a nossa população.

Muitos foram homenageados como reconhecimento pela verdadeira luta contra os opressores. Agora, leio no blog da jornalista Alice Pires que um prêmio chamado “Ordem Timbira do Mérito em Direitos Humanos”, inventado na gestão da Roseana homenageou o João Alberto. Para completar, a mesma Roseana entregou o troféu de amigo do povo.

Não precisamos ficar abismados com a falta de discernimento neste governo de ultra-direita, a sua composição vem recheada de usurpadores da vida. Esta atitude de cinismo permite o diferenciar entre os homens, para mostrar quem veio e ficou no lado dos dignos.

Com imagem Blog Jarder Resende

sábado, 18 de dezembro de 2010

COM CONSULTA DE OPINIÃO - COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?

Com Felipe Klamt

O Blog Com Continuação está fazendo uma consulta de opinião de como será o governo da Roseana Sarney para o Maranhão.

A pergunta “COMO SERÁ O MARANHÃO COM A ROSEANA?” foi enviada para 25 personalidades que atuam na política, movimento social e jornalismo maranhense. Podendo aumentar com a solicitação dos seguidores do Blog.

Convidamos para participar desta consulta o Jackson Lago, José Reinaldo Tavares, Flávio Dino, Edson Vidigal, Alexandra Tavares, Roberto Rocha, Rubens Pereira Jr., Joisiane Gamba, Frederico Luiz, Padre Victor Asselin, Marcos Nogueira, Bira do Pindaré, Marcelo Tavares, Francisco Gonçalves, Padre Jean Marie, Ricardo Santos, Ribamar Alves, Miosótis Lúcio, José Antônio Almeida, John Cutrim, Luciano Leitoa, Luiz Antônio Pedrosa, Cunha Santos, Domingos Dutra e Robert Lobato.

Vamos aguardar para conferir as opiniões sobre os rumos do Maranhão.

PPS - UM QUASE TUCANO COM A ROSE?

Com Felipe Klamt

O que falta para o PPS voltar aos braços do João Castelo?

Talvez somente o aumento do volume nas ofertas conversada com a Gardeninha, uma fonte tucana afirmou que a primeira imposição da filha do homem foi à falta da executiva estadual no encontro do Flávio Dino com as coligações que participaram da última eleição.

Realmente os membros do PPS faltaram ao encontro no último sábado. Miosótis Lúcio, candidata como vice na chapa “Muda Maranhão”, estava ao lado do Flávio com um pronunciamento forte de continuidade das oposições.

Será que o partido do Paulo Matos e do Altemar Lima vai voltar para o ninho tucano e como fica se o Castelo fechar com a Roseana, vai se transformar em mais um “Partido Para o Sarney”?

Vai saber?

COM POUCAS PALAVRAS - CASTELO PATINANDO NA LAMA

Com Felipe Klamt

......podemos dizer que a Roseana ainda não conseguiu cooptar o João Castelo, pelo menos publicamente o sistema Mirante continua minando o prefeito tucano.........

.......pode ser que a massacrante campanha na TV, jornal e rádio contra o passado Castelo esteja a serviço de um projeto para 2012, a dura verdade demonstra a incapacidade e inoperância da gestão castelista para a população da capital......

.......quanto mais São Luís ficar na lama, mais a Roseana agradece e aproveita politicamente.

MÁGICOS QUE CONGELAM UM ÚNICO SEGUNDO PARA O SEMPRE

Com Felipe Klamt

Os fatos acontecendo ao mesmo tempo, no mesmo local, pessoas com gestos diferentes, quando em grupo, dificilmente, todos em perfeita harmonia, o foco principal no povo, o cenário ao lado e ao fundo tendo de ser enquadrado..........

.........sem esquecer o calor, a poeira, o perigoso trânsito, o malabarismo no subir e descer dos carros e motos, os buracos deixados pelos administradores municipais, a lama, as malditas subidas, o ter que andar de costa para captar, o escalar barrancos para ampliar o visual, os chatos que pensam ser celebridades, os candidatos que vem acompanhados da timidez......

Imagine os que não conseguem sorrir.

Estes pequenos detalhes fazem parte da minha primeira experiência cobrindo uma campanha política estadual. Sempre estive como militante, observador ou coordenador nos pleitos eleitorais, jamais imaginei que trabalhar nos bastidores e tentar registrar os ricos momentos de uma campanha fosse complicado.

A fotografia, como a política, estão como paixões que mexem com o meu metabolismo emocional, quando o Jackson sofreu o golpe do Sarney senti uma forte necessidade de guardar este ato histórico com as pessoas que realmente lutaram pela liberdade do Maranhão, não esquecendo de fotografar os tais que estavam para terminar de derrubar.

Fomos para as ruas lutar pela eleição do Flávio Dino, particularmente estava ajudando a reeleger o jovem comunista Rubens Jr. ao parlamento estadual e eleger a Alexandra e o Zé Reinaldo para mudar esta terra. Que bela campanha, feita no chão, sem milhões, dividindo tudo o que tinha para ser dividido. E olha que era muito pouco, quase nada, perto da outra campanha financiada pelo dinheiro público.

Fotógrafos da competência de Nael Reis, Nilton Santos e Suzana Beckman estavam captando cada momento do rapaz Dino nesta campanha, eu e minha máquina tentando participar deste turbilhão de acontecimentos. Sempre acompanhando a capacidade destes mágicos que congelam um único segundo para o sempre.

A memória maranhense perde muito por falta de instrumentos de pesquisa, principalmente pensamentos e atitudes, as jornalistas Wal Oliveira e Suzana Beckman conseguiram eternizar esta luta política por meio de uma publicação chamada “Flávio Dino por um Maranhão de todos nós”.

Recebi o convite para participar com minhas fotos desta publicação que vem com depoimentos de alguns atores do enfrentamento político de 2010. Nada como descobrir que podemos produzir, melhor, registrar o comum, o diferente, o engraçado e porque não dizer o belo.

Valeu.

Com foto Felipe Klamt – Livro lançado no Encontro das Coligações – 11.12.2010 – São Luís - Maranhão

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

BNB COM CONCURSO DE JORNALISMO

Com Rafaela Vidigal

A edição 2010 do Prêmio BNB de Jornalismo recebe até o dia 10 de janeiro, inscrições de trabalhos veiculados até o dia 31 de dezembro sobre assuntos referentes ao tema "Desenvolvimento Regional". O concurso contemplará as melhores matérias oriundas de meios de comunicação localizados na área de atuação do Banco do Nordeste, que compreende além dos nove estados nordestinos, o norte de Minas Gerais e o norte do Espírito Santo.

Será concedido um valor total de R$ 171 mil em prêmios, distribuído nas modalidades nacional, extrarregional e regional (I, II e III, de acordo com os estados de origem), sendo que cada uma contempla cinco categorias. As inscrições poderão ser feitas até o dia 10 de janeiro de 2011.

Do total de premiações, serão cinco Nacionais para profissionais, sendo dois deles no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) cada, destinados aos melhores trabalhos avaliados pela Comissão Julgadora nas categorias Mídia Impressa–Texto e Mídia Eletrônica TV; e três prêmios no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) cada, destinados aos melhores trabalhos avaliados pela comissão julgadora nas categorias Mídia Impressa-Foto, Mídia Eletrônica–Internet e Mídia Eletrônica-Rádio.

Como estímulo à interiorização da informação jornalística, o BNB concederá Prêmio Especial para o melhor trabalho entre os publicados em veículos da mídia impressa e/ou eletrônica localizados em municípios com menos de 100 mil habitantes. Concorrerão a este prêmio, no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais), os trabalhos que não tenham sido contemplados com a premiação Nacional ou Regional que atendam a este requisito.

Serão concedidos quatro Prêmios Universitários, no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais) cada, aos melhores trabalhos de qualquer uma das cinco categorias (Jornalismo Impresso - Texto, Radiojornalismo, Telejornalismo, Fotojornalismo e Webjornalismo), veiculados em cada uma das três Regionais mencionadas acima.

Para mais informações sobre o regulamento, basta acessar o site www.bnb.gov.br.

O concurso - De caráter anual e aberto a estudantes e profissionais de jornalismo de todo o país, o Prêmio BNB de Jornalismo foi lançado na década de 1980, tendo sido editado até 1999, contemplando apenas trabalhos publicados na mídia impressa. Retomado pela atual gestão, o Prêmio tem como objetivo estimular o debate e sensibilizar a sociedade sobre a importância de ações inovadoras na área do desenvolvimento regional, com ênfase na democratização do crédito, capazes de gerar negócios mais estruturados e promover o crescimento econômico com inclusão social no Nordeste.

Como Assessora de Comunicação

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

COM POUCAS PALAVRAS - MOVIMENTOS CONTRA ROSEANA

Com Felipe Klamt

......como os que deveriam brigar pelo que foi surrupiado eleitoralmente dos maranhenses não tomaram a atitude, a Cáritas, CIMI e ASP falando pelos movimentos sociais representaram contra a diplomada Roseana Sarney.....

......o blog do competente Frederico Luiz postou a notícia sobre a representação, vale a leitura do elaborado texto...... http://www.frederico2010.blogspot.com/

VAMOS COM RUBENS - DECISÃO PELO MARANHÃO

Com Felipe Klamt

Podemos afirmar que o Maranhão passa pelo fim de uma era política, uma geração inteira está por deixar o poder, alguns pela idade, outros pela rejeição popular.

A permanente discussão gira em torno de quem será o próximo líder, uma nova geração caminha com a decisão de enfrentar a família Sarney, entre eles, Flávio Dino, Marcelo Tavares, Bira do Pindaré, Luciano Leitoa e o Rubens Pereira Jr.

Na verdade, temos novos políticos espalhados por esta terra que clama a mudança na vida de todos nós.
Rubens Pereira Jr.
O jovem e arrojado parlamentar Rubens Pereira Jr. conseguiu agregar muitas referências durante o seu primeiro mandato, como o bom-senso, discursos fundamentados, participação nas lutas dos movimentos sociais e principalmente a capacidade e coragem em manter a coerência política.
Lula Morais
Eleito para um novo desafio nos próximos quatro anos, o comunista convocou o seu gabinete, partidários, apoiadores, aliados e ícones da política regional e nacional para avaliarem o seu mandato e definir as metas do novo período legislativo no Seminário – Parlamento e Democracia: Construção de um Mandato Popular e Democrático.
Flávio Tonelli Vaz
Raul Carrion
Entre os convidados estava o deputado estadual do Ceará, Lula Morais, que trouxe as formas de ser um político de esquerda no nordeste, o expert em orçamento Flávio Tonelli Vaz conseguiu ampliar o debate sobre comportamento dos governantes nos gastos públicos e o deputado gaúcho Raul Carrion, dono de uma história que deve ser contada por muitas gerações, emocionou os presentes no Seminário com suas fortes palavras.
Vale registrar as cobranças e palavras de apoio do líder comunista Flávio Dino, sem esquecer o amplo debate promovido por políticos, jornalistas e militantes vindo de todas as partes do Maranhão.

O encontrou trouxe a certeza da importância do mandato de Rubens para os maranhenses. Pelas suas palavras ele entendeu a sua missão como o único deputado pelo PCdoB na assembleia.
Clique e veja as fotos

Com fotos Felipe Klamt – Seminário Deputado Rubens Pereira Jr. – São Luís - Maranhão

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

COM POUCAS PALAVRAS - ROSE E A LAMPARINA

Com Felipe Klamt

……..nada de novo no país da Rose, sempre triste, com aquela cara de quem embaralhou até tarde, procurando o mini-mini-óculos na cabeça, anunciando na TV que o moderno é resgatar o passado com a duvidosa CPL. De novo mesmo, somente a quantidade de gerentes regionais que aumentou para 26, as gerências são aquelas “do tempo que lamparina dava choque”.....

........até a juventude ficou com o modelo idoso, começou extraordinária, foi ser outdoor na de esporte, vai ficar solta novamente para acalmar a briga dos meninos “albertinos”, mas, como extraordinária.......

E a juventude de direita vai deixar assim?

Com imagem Blog Identidade G

Com Nota - O blog estava sem postagem por causa dos ataques de vírus, está na hora deles mudarem as armas, estas ficaram antiquadas.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

BNB - ATO DE RESPEITO PELAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES

      Com Rafaela Vidigal

       BNB incentiva doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente
    Neste ano, o Banco do Nordeste aprovou aporte de R$ 1,15 milhão ao FIA

Promover e incentivar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (FIA), que apoiam financeiramente programas e projetos que assistem a crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social. Este é o objetivo da campanha lançada recentemente pelo Banco do Nordeste, junto aos seus clientes, fornecedores, colaboradores e parceiros. A Instituição também aprovou aporte de cerca de R$ 1,15 milhão ao FIA. No Maranhão, mais de 60 jovens foram beneficiados em 2009.

As doações podem ser abatidas integralmente do imposto de renda devido, até o limite de 1% para pessoas jurídicas e de 6% para pessoas físicas, e não prejudicam outras deduções, a exemplo das relativas à saúde, à educação, aos dependentes ou à pensão alimentícia. Informações sobre como doar estão disponíveis no hotsite da Campanha FIA 2010, disponível na página da internet do Banco (www.bnb.gov.br), ou pelos telefones (85) 3299.5116 ou 3299.5013.

O Banco do Nordeste vai premiar os doadores e as suas unidades que alcançarem os melhores resultados, e os colaboradores que se destacarem na mobilização do maior número de doadores.

No triênio 2007-2009, o Banco do Nordeste aportou recursos para o FIA no valor de R$ 1,8 mil, beneficiando cerca de 6.800 crianças e adolescentes atendidos em 50 projetos sociais localizados nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais. No Ceará, em 2007-2008, foi beneficiado o projeto “Atos de aprendiz”, voltado para formação profissional e desenvolvimento de ações de orientação sócio-profissional de 100 jovens em carentes de Fortaleza.

Em 2009, os projetos maranhenses ‘Caravana Mandingueiros do Amanhã: Levando Cultura e Transformação Social’ e ‘Descobrindo Aprendizes’ foram apoiados pelo FIA, beneficiando mais de 60 crianças e adolescentes.

Como Assistente de Comunicação do Banco do Nordeste

domingo, 12 de dezembro de 2010

COM POUCAS PALAVRAS - SEM REENCARNAÇÃO DAS ALMAS

Com Felipe Klamt

........Este negócio de “irmão de alma” tem alguma coisa haver com espírito, alma penada, encontro no além, vida após a morte, urucubaca braba, deschapo, mandinga....?????

........Somente esperamos que não tenha a tal da reencarnação trazendo novamente o Lula e o Sarney, juntos, para atazanar as nossas vidas......

Com imagem Blog Satiro-Hupper