sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ELEIÇÕES 2012 - E SÃO LUÍS PODE ELEGER O HOLANDA

Com Felipe Klamt
O menino Junior vem limpo e leve, como adolescente eleitoral o Holanda cresce naturalmente, podendo chegar à maturidade nas próximas eleições com uma dianteira que deve ser o novo fenômeno, talvez o início da renovação da gestão municipal apresentado na assinatura do Edivaldo.
Sem dúvida, a última porcentagem surgida na pesquisa para gestor de São Luís demonstra que a caminhada política do Edivaldo Holanda Jr. teve um elaborado estudo determinando o tempo e o espaço das conquistas, sempre esteve blindado, coisa de um pai profissional do poder.
Tanto a sua passagem no legislativo da capital como no atual mandato federal as ações e a imagem foram enquadradas no marketing de um futuro governante, nada pode faltar, da palavra usada passando pelo corte do cabelo, tudo dentro do formato para um perfeito líder. Entrevistas, nem pensar.
Todo o patrimônio partidário do pai serve para fortalecer a capacidade do filho em agregar votos e possíveis apoios. A grande questão fica no atual acordo familiar com o declarado candidato à reeleição, o Castelo. Sabendo que a gestão não aconteceu, resolveu comprar as siglas de esquerda como solução para 2012.
O imbróglio no rolo da próxima eleição não fica estatizado nas faturas pagas pelo prefeito, para ser realmente absorvido como candidato precisa descartar o Castelo, afirmar e demonstrar publicamente que está imune aos encantos do grupo Sarney, conquistar a colega e candidata evangélica, a Eliziana Gama, para orar no mesmo templo e descobrir a fórmula de conversar com o PT do Bira sem negociar com a banda do vice da Roseana.
Sem esquecer os milhares de votos do Flávio Dino, primordial saber o comportar para ganhar a senha da fila dos candidatos que sonham com o apoio do comunista. Para amarar a indicação precisa reverter à vontade dos camaradas que lutam no encaminhar um candidato ao pleito do ano que vem. Se não for o Dino, o Rubens Jr. conquistou esta preferência no partido.
Depois de todas estas encruzilhadas, ainda fica em aberto o lugar do vice na foto. Outra história para o próximo capítulo.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

CHULÉ PARTICULAR

Com Felipe Klamt

....se o político no Maranhão fosse somente mais louco que os demais malucos ou hilários para divertirem os seus eleitores no mínimo a bandalheira não seria tão premeditada....

....nada mais natural saber de um popular que torce o pé jogando em uma pelada procurar os poucos hospitais públicos para cuidar da contusão, pode ser numa UPA que ainda está como propaganda de governo....

....agora, imagine uma figura estridente, atualmente encenando o papel de deputado federal,  como Chiquinho Escórcio, chegando de terno na UPA do Araçagi, acompanhado de um fotógrafo, solicitando atendimento médico para o roxeado do pisante....

....deve ter sido uma correria dos diabos, do tipo chama os responsáveis que o homem chegou com a imprensa, enquanto preparavam a sala VIP o paciente tirou o sapato na recepção e mandou o inicio do registro fotográfico, era um tal de bate a foto assim, agora pegando o hematoma pela direita....

....parece que a pressa não deixou que os doutores do Murad resolvessem o problema, a palhaçada foi terminar no Socorrão de Imperatriz, sem esquecer de bater a foto abraçado com os médicos tocantinos....

....se a moda pega no próximo ano eleitoral, com certeza o povo necessitado vai sofrer mais nas intermináveis filas e pode gerar um grave quadro nos hospitais particulares...    

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

ELEICÕES 2012 - OS RANHETAS DE SEMPRE

Com Felipe Klamt

....mesmo com o grupo do Castelo e da Roseana colocando na boca dos seus veículos próprios ou nos devidamente remunerados todo tipo de desculpa para a estrondosa preferência popular pelo Flávio Dino, mesmo assim, eles não ficaram convencidos do efeito alcançado....

....a Roseana mandou fazer uma pesquisa ao seu molde, com o fenômeno Dino caindo de 54% em setembro para uns 44% em dezembro, ninguém achou coisa nenhuma, nem a turma do Sarney que divulgou, então, não alardeou....

....a pesquisa passou pisando com gosto no Castelo, mostrando uma rejeição de 60% em São Luís, e, olha, que todo o imbróglio sendo assinado pelo atualmente marqueteiro da Roseana, o Duda Mendonça, sem esquecer o “Agora Vai” quando estava como o gênio da campanha Castelista....

....nada demais, tudo poderia ficar no menos 10% que a turma do Flávio nem pensava em responder, o grande problema está no fato do prefeito João ser um “ranheta”, daqueles que tem raiva até quando briga em sonho....

....na sua alucinada versão dos fatos eleitorais comprou uma exata pesquisa em que baixou a pontuação no individual da espontânea em menos 20%, ficando na frente do comunista, para completar a irresponsabilidade o instituto encontrou estimulo para colocar o Dino e Castelo tecnicamente empatados, coisa de 33% para 30%....

....bastaria não tentar piorar os dados, talvez seja uma pesquisa de quanto mais loucura mais valor, somente o fato de 48% ainda não saberem em quem gostariam de votar na próxima eleição vai ficar sem uma explicação, melhor não tentar....

....por enquanto os “Dinistas” vão ficando com as suas particulares pesquisas, sempre saboreando com o desespero dos de sempre....      

E NO ÚLTIMO ATO, JULIÃO ENTREGA A ROSA VERMELHA....

Com Felipe Klamt

A política maranhense e seus atores não conseguem mais fazer a fila crescer na bilheteria eleitoral para assistir uma inédita performance, o enfadonho espetáculo parece que está sendo escrito por somente um único autor.

Durante a apresentação ainda resta o momento do sentimento, daquele que arrepia os cabelos dos braços, que avermelha o nariz e dependendo da cena enche os olhos de lagrimas, o ato ficou raro, principalmente quando a amizade fica sendo insistentemente utilizada no texto interpretado.

A nova peça encenada pelos membros do PDT continua no palco público utilizando todas as ferramentas para demonstrar o cotidiano por meio da arte, teve de tudo um pouco, fica faltando a parte que o coadjuvante Julião vai mostrar as mãos, empunhar a espada brizolista e finalmente bradar a sua fidelidade jackista....

Os espectadores esperam um final feliz, vendo os antes escudeiros do comandante Jackson devolverem a flor vermelha para lady Lago. Tudo é possível em conto de fadas, agora, na política do Maranhão.      

sábado, 24 de dezembro de 2011

UMA RECEITA DE NATAL


Com Felipe Klamt 

Poderia escrever que desejo um generoso Natal, com uma ceia farta, muitos presentes, principalmente para as crianças. Com certeza, seria uma escrita normal, bem do período.

Estou na estrada, desta vez acompanhando a minha família, entre a companheira e as crianças cobrando a legítima atenção sobra o olhar procurando a imagem para mais um registro. O pensamento foge do cenário de férias tentando compreender uma falta que faz, um enchimento de emoção, talvez um desejo vazio.

Podemos ser taxados pelo idealismo, por nunca saciar a vontade de fundamentar um estado de ser. Uma juventude interna consome o razoável, fazendo a permanente detonação do conquistar no coletivo. Imagine determinar o apaziguar deste turbilhão na terra modelada para poucos, espertos, mas, poucos.

Hoje, véspera do nascer do menino, Caio, o meu filho, perguntou qual a razão de somente escrever sobre a política, tentei explicar na psicologia básica, daquelas que adulto acredita enganar o adolescente, que o determinante no Maranhão parte dos gestores e de suas vontades. Acho que fiquei no vácuo, ele está na era dos neurônios tecnológicos.

O contexto natalino nem permite esta perda de tempo com debates passados, querendo acertar o presente, achando que emplaca na história no futuro. Tudo besteira. Vamos sorrir, dizer palavras ricas de carinho, comer as delícias e principalmente trocar presentes. 
Vale desligar a tomada do querer modificar, o necessário é ser feliz no Natal.
Então.....

MATÕES - REVOLUÇÃO EDUCACIONAL

Com Jorge Vieira

Prefeitura de Matões faz revolução na educação municipal

Prefeita Suelly Pereira entrega escola modelo diante
de uma multidão de matoenses
Convidado a conhecer o projeto educacional revolucionário que está sendo desenvolvido em Matões, um município administrado pela prefeita Suelly Pereira (PSB), voltei extremamente motivado a acreditar que no Maranhão ainda existe gente de bem na política, apesar dos péssimos exemplos que estamos acostumados a ver. Em três anos de administração a prefeitura inaugurou dezessete escolas e outras três estão em fase de obras.

Como a Educação é tida como prioridade das prioridades, os professores já receberam dezembro, décimo terceiro e vão receber o décimo quarto salário no final deste mês, como forma de estimular ainda mais os docentes a desenvolverem um ensino de qualidade.

Matões é administrado por uma prefeita da oposição, sofre todo tipo de perseguição do governo estadual, que praticamente virou as costas para o município, mas nem por isso seus dirigentes baixaram a guarda, pelo contrário, estão dando exemplo de como se administra com seriedade e competência os recursos públicos.

Na última quinta-feira (22) a prefeita socialista, em companhia de seu secretariado, vereadores, lideranças política do município e convidados, entregou ao povo de Matões a Escola Municipal Rodrigo de Oliveira, uma unidade de ensino modelo, construída com recursos próprios da prefeitura e equipada com o que existe de mais moderno para o conforto e aprendizado de 1200 alunos do 1º ao 9º ano, nos três turnos.

A inovação começa pelo nome da escola. Fugindo a regra de homenagear parentes ou a si próprio, Suelly preferiu fazer uma homenagem ao aluno da rede municipal de ensino Rodrigo de Oliveira, o “Diga”, um menino muito estudioso, vítima fatal de acidente de trânsito no dia do seu aniversário. O atropelamento e morte comoveram a cidade. A professora Madalena Oliveira, mãe de “Diga” agradeceu a Deus pela obra e pela homenagem.

O empreendimento educacional, que custou R$ 1,2 milhão ao município, possui onze salas de aula climatizadas com cadeiras estofadas, laboratório de informática, assim como toda uma infra-estrutura de salas de reuniões para professores e diretores, banheiros, refeitório, cozinha industrial e área de lazer.

“É uma escola diferenciada, acima daquilo que somos acostumados a ver. Estamos escolhendo 90 professores entre os melhores e capacitando-os para fazermos um ensino acima do normal e que nos permita galgar melhores índices no IDEB. Todo material didático será fornecido através de uma parceria com o Instituto Airton Sena e Grupo Suzano”, diz otimista o secretário de Educação de Matões, Inácio Carvalho.

Realmente, o que vi na inauguração foi uma estrutura educacional em condições de fazer o jovem adquiri o gosto pelo estudo, se concentrar nas aulas e aprender a ter esperança no futuro. Para o ex-secretário de Educação do Estado, Altemar Lima (PPS), presente ao evento, “o projeto pedagógico da escola é mais importante que o moderno prédio inaugurado”.

Filho da prefeita Suelly Pereira, o deputado Rubéns Júnior (PCdoB), era um dos mais entusiasmados com a conquista. “Tudo isso aqui foi construído com recursos próprios, o que mostra que quando o poder público quer, independente de ser governo ou oposição, faz. O dinheiro aqui de Matões dar para a prefeita fazer as obras porque é administrado com seriedade”, enfatiza Júnior.

O ex-deputado Rubéns Pereira, secretário de Obras, diz que o investimento na educação começa a produzir eleito na população. “Já conseguimos reduzir em 80 por cento o clientelismo e hoje temos o apoio da população porque o dinheiro está sendo investido em obras de melhoria da cidade. Aqui todo mundo ajuda, mas quem manda no dinheiro é a prefeita”, comemora.

Secretário Rubéns Pereira fiz que educação é tudo
       

 


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

GREVE DAS BOTAS, E ELA OBEDECEU

Com Felipe Klamt

....a governadora Roseana Sarney mostrou que aprendeu a lição, pelo menos mandou os seus deputados aprovarem o reajuste dos policiais militares e bombeiros, mesmo contra a sua vontade....

....o recente fato de enfrentamento da tropa contra o executivo no Maranhão não deve ter sido observado com seriedade pelo governador do Ceará, o Cid Gomes, do PSB, que foi surpreendido e cercado por policiais militares e bombeiros quando estava vistoriando a obra do Metrô, no Centro de Fortaleza....

....a greve dos militares marcou profundamente o governo da Sarney, talvez todo o mandato, pelo mais que ofereça e oferte aumento salarial as categorias sempre vai haver a sensação de fraqueza, do medo de perder pela teimosia....

....vale a maranhense dar um sutil toque no colega cearense sobre o perigo de enfrentar os de coturno, a negociação passa pela força e pode terminar em chumbo....        

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

A COMÉDIA 73 FICA PARA 2012

Com Felipe Klamt

....talvez nada salve o “prestidigitador” prefeito João Castelo da sanha de alguns membros roseanistas na CPI que apura o desvio dos R$ 73 milhões....

....dinheiro fácil de rastrear, basta colocar o duplo agente federal que atualmente ocupa o cargo de secretário de segurança para copiar secretamente os extratos da movimentação dos milhões que a governadora afirma ser seu, somente seu....

....a comédia fica por conta do histórico dos autênticos defensores do dinheiro público, a começar do deputado Roberto Costa que esbraveja honestidade, quando não gagueja, mas, não consegue relatar onde foi parar o dinheiro dos professores do pró-jovem durante a sua campanha....

....seguido do Bacelar com a indiscutível leveza de mãos na Chapadinha, atualmente presidida pela sua escolhida....

....para dar peso na composição aparece o Rogério, menino de expressão com uma herança de uns 100 milhões desenterrada do aterro do Bacanga pelo pai e vice de fato durante o governo do tio Cafeteira, e, olha, que não teve nenhuma CPI, parece que todos receberam um saco de terra....

....na verdade, a partir de hoje, com o orçamento aprovado como o governo desejou e determinou, a diversão de encontrar o dinheiro dos convênios pode ficar para o próximo ano, o eleitoral....           

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

COM FATO E FOTO - PINHEIRO, TODOS CONTRA OS DO SARNEY?

Com Felipe Klamt

Com foto Felipe Klamt - Luciano Genesio, Flávio Dino e Tony Ferreira - Prêmio Mochel 2011 - PCdoB - ALMA - São Luís - MA

E A SEMANA VAI COMEÇANDO COM.....

Com Felipe Klamt

....a base do governo Sarney na assembleia sufocada com as bandalheiras dos seus deputados....
....os parlamentares da oposição detonando o grupo dos “30”....
....o Manoel, o Ricardo e Lobão entendendo que perderam mais esta parada de enquadrar a governadora com o Tatá líder do executivo na assembleia....
....o Stênio sabendo que não volta como coisa nenhuma depois do recesso parlamentar....
....o Maranhão e o Piauí querendo saber quem são os deputados que separam mulheres como gado....
....o orçamento sendo votado para dizerem que é “legítimo”....
....os movimentos sociais querendo respeito da FAMEM com o nome do militante “Magno Cruz”....
....o Clodomir Paz, Weverton e sua turma terminando de riscar qualquer vestígio dos Lagos no PDT....
....a "CPI dos 73" sendo transformada em fotografia para porta-retrato....
....o da Costa sabendo que a turma da juventude castelista está montando o dossiê do desvio da verba do pró-jovem para sua campanha....
....a nova pesquisa eleitoral de São Luís saindo do forno....
....o dos Macieira prometendo que a ilha de Curupu não vai flutuar....
....a vontade legislativa do Othelino Neto obrigando a da Gama afirmar que continua candidata....
....o Madeira descobrindo que a governadora deixou um cupim eleitoral na sua passagem por Imperatriz....
....o Marcelo Tavares calculando que inaugurando 4 hospitais por ano, no ritmo Barrichello, a governadora Roseana precisa no mínimo de 17 anos para os outros "68"....
....a Sarney somente conseguindo juntar todos políticos no interior prometendo gastar o bilhão dos empréstimos....
....o município de Matões inagurando duas escolas modelo para os prefeitos do Maranhão copiar....
....a vereadora Rose Sales prometendo detonar o Castelo na câmara de vereadores....
....o Joãozinho Trinta passando limpo pela passarela da história.... 
....o blogue na estrada resgistrando fatos e imagens....

sábado, 17 de dezembro de 2011

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O TROCO DESCONTADO DO FILHO

Com Felipe Klamt
Meu saudoso pai sempre afirmava que o melhor amigo de um filho é definitivamente o próprio pai, nada está como eterno, jamais vamos compreender como vai ser o comportamento dos ditos e apresentados amigos.
Talvez nenhum de nós tenha nada a ver com a conduta dos outros, talvez.
Recebi uma carta de Igor Lago, filho do Jackson, aquele admirado por todos. Alguns o tinham como líder, outros, como tutor, senhor dos seus caminhos. Nas suas palavras a esperança de acontecer o respeito, a igualdade na medida das forças no PDT.
Os processos políticos nunca foram justos, vale quem tem o poder. As juras de fidelidade fazem parte dos incapazes de começar uma caminhada de conquista popular, no malabarismo do desejo contam com a rede do naturalmente escolhido pelo povo.
Com certeza, a elegância foge da mente dos que querem o domínio do inteiro, sem permitir que o passado seja a referência de conduta no presente, tentando neutralizar a cobrança no futuro.
Aos que assistiram todos os capítulos da novela dos súditos trabalhistas resta aguardar o final do folhetim, sabendo que os atores mostraram como vestem os seus personagens.

VAMOS COM VIDIGAL - ESTAÇÕES

Com Edson Vidigal

À tarde, quando venço aquelas urgências que os outros inventam e nos impõem, e muitas delas até que caberiam melhor em algum outro relógio no dia seguinte, e se não há chuva, me alegro muito.Alcanço o sol poente e em passos rápidos vou deixando que o mar com sua língua de cão imenso, língua de ondas que se diluem em espumas brancas, alcance os meus pés descalços.

Voltando, meia hora depois, terei pagado à vida mais seis quilômetros de caminhada. Ao todo, doze quilômetros num dia.

Ontem o radiologista me telefonou apreensivo dizendo que a chapa que ele bateu semana antes indicava alguma anormalidade no meu pulmão esquerdo. Na conclusão dele, é claro.

No tira – teima a tomografia computadorizada, mostrando agora os pulmões coloridos, bacanas, parecendo uma pintura moderna, expressionista, dando vontade até de colocá-la numa moldura e pendurá-la num lugar nobre da parede, essa tomografia agora me tira um pouco do sério.

Na pior das hipóteses, imagino, não consigo me imaginar respirando só pela direita. E olha que há mais de quarenta anos odeio cigarro.

A nicotina me pegou quando logo nos primórdios do golpe militar me levaram preso. Eu sofria de um amor platônico pela irmã de um amigo e deu que ela um dia, na companhia da mãe, numa tarde de visitas, me apareceu deixando-me de presente, adivinha aí, um pacote de cigarros.
Cigarro aceso entre o indicador e o polegar, pensando nela, quanta sorte eu tenho, vejo hoje, me sentia o próprio Fernando Pessoa nestes versos: 

E saboreio no cigarro a libertação de todos os pensamentos.


Sigo o fumo como uma rota própria. / (...) Enquanto o Destino mo conceder, continuarei fumando. / ( Ah se eu casasse com a filha da minha lavadeira... Talvez fosse feliz.) /Visto isto, levanto-me da cadeira. Vou á janela.” 

Depois, no poder, numa noite num jantar, o Lula me ofereceu um charuto, eu recusei gentilmente, ele me disse que era menos ofensivo, eu acrescentei, porém mais caros, ele me disse que caros que nada e me deu a pista. Quando souberem que gostas, receberás de presente. Não deu outra.

Até de Cuba ganhei caixas de charutos. O Emerson Fittipaldi me visitando uma vez me presenteou com charutos de sua grife. Todos os charutos que me davam, eu os repassava ao Lula.

Há mais de quarenta anos que eu me libertei do tabaco. Há mais de quarenta anos que tenho horror a fumaça de cigarro, a bafo de nicotina e tenho pena dessas meninas que eu vejo por aí fumando e das mulheres no geral de voz grossa que até são fortes noutros embates, menos nesse de largar de fumar.

O que eu devo ter no pulmão esquerdo é um resto de tango argentino que eu aspirei numa noite na Avenida Corrientes, tango o qual, na volta ao Maranhão, um dia ainda acabarei de cantar.

Agora aqui da janela do meu quarto eu vejo as nuvens trazendo as chuvas, mas por decreto estamos no verão. O horário é de verão.
Agora na Ilha do Amor, São Luis do Maranhão, onde chove quase o ano inteiro, os movimentos sociais anunciam o começo da primavera. Uma primavera tipo carnaval fora de época. Com muitas emoções fortes e esperanças bastante verdes. Que nem essa que ultimamente vem derrubando ditaduras e oligarquias no mundo árabe.

Como um Maranhense

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

FICO PENSANDO - CAEMA, FALTA ÁGUA SOBRA FIAT

Com Felipe Klamt

EXTRATO DE CONTRATO.
CONTRATANTE: Companhia de Saneamento
Ambiental do Maranhão - CAEMA;
CONTRATADA: FIAT AUTOMÓVEIS S/A;
CONTRATO: Nº. 074/2011-PRJ;
OBJETO: Adesão a Ata de Registro de Preços n.º 59/2010, oriunda do Pregão
Eletrônico n.º 29/2010-CELOG;
PRAZO: 90 (noventa) dias corridos
VIGÊNCIA: A partir do recebimento da Ordem de Compra;
VALOR: R$ 792.960,00;
RECURSO: Plano Interno - INVESTATIVO;Fonte de Recursos 0218 - Natureza da Despesa - 44.90.52 - Programa 17.512.0167.1708.0000;
ASSINATURA: 07/12/2011;
BASE LEGAL: Art. 8º do Decreto Federal 3.931/01 e Art.15, II §3º da Lei 8.666/93; Processo n.º 6627/2011 - CAEMA. São Luís, 07 de dezembro de
2011. CATARINA BOUCINHAS LEAL - Procuradoria Jurídica

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

FLÁVIO DINO - FALTOU A FOLHA PROVAR A NOTÍCIA

Com Felipe Klamt

....o grupo que integra o sistema de comunicação do Sarney continua insistindo na estratégia da interpretação deturpada dos fatos e das notícias relacionadas a oposição....

....nos últimos dias os blogueiros e o jornal oficial tentaram pautar principalmente os membros do PCdoB e PSB, pegando frases e palavras que podem auxiliar na construção de textos com o sentido de proporcionar a intriga entre os partidos e desistência de candidaturas....

....parece que a coluna Painel, da Folha de São Paulo, entrou "involuntariamente” para ajudar a ânsia de confundir os leitores e eleitores maranhenses....

....com o título “Muro”, a coluna afirma que o “Flávio Dino avisou ao PCdoB que pretende continuar na presidência da Embratur, abdicando da candidatura a prefeito de São Luís. Prefere se guardar para a sucessão de Roseana Sarney (PMDB-MA) em 2014”....

....imaginem o delírio que não tomou conta dos milaboradores da organização Sarney, sem esquecer os pulinhos de alegria do Castelo, desta vez podem alegar que a nota não foi criada das suas mentes, foi a Folha que publicou....

....somente faltou o jornal paulista esclarecer quando o político Dino afirmou esta decisão, foi numa entrevista, tem alguma nota no site dos comunistas, teve um gravador no momento, foi um aviso ou uma nota de punho do candidato que hoje venceria qualquer grupo político no Maranhão????

Com foto Felipe Klamt – Flávio Dino – 89 anos do PCdoB – São Luís – MA – 25.03.2011

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

OS DO SARNEY - ESCUTAM O ÓBVIO, ESCREVEM O QUE CONVÉM

Com Felipe Klamt

Recebi mensagens e telefonemas de jornalistas, blogueiros, políticos e principalmente de filiados no PSB tentando entender a entrevista do Roberto Rocha no jornal O Estado do Maranhão, neste domingo.

Depois da venda da sigla em São Luís para o denunciado prefeito, o Castelo, pelo grupo do presidente estadual, o Almeida, nada poderia assustar mais os legítimos socialistas do que a mínima pretensão de coligar com o PMDB de propriedade do grupo Sarney.

Como as pesquisas mostram uma clara tendência de rejeição ao prefeito Castelo e de candidatos indicados pela governadora Sarney, os blogueiros e o jornal do sistema Mirante montaram uma estratégia com a intenção de confundir e embolar o processo eleitoral na capital em 2012.

Primeiro tentam fazer o abraço do PSDB com o PCdoB, pegando pedaços de uma entrevista do dirigente comunista, o Jerry, para formar um entendimento ao gosto deles. A última passa por uma esquisita operação de licença do deputado Rubens Jr. para agradar ao financiador do Castelo, o Othelino. A primeira armação recebeu a devida resposta do Márcio Jerry deixando os roseanistas miúdos, a segunda foi solta neste final de semana, ainda está fervendo antes da resposta.

Para completar o plano de intriga, o blogueiro Marco Deça entrevistou o presidente do PSB de São Luís, o Roberto, para saber como vai ficar a lamentável sociedade do Castelo com o Almeida. O Rocha mostrou que continua contra o acordo da pomba com o tucano e afirmou que o PSB deve coligar com os partidos da base de apoio da Dilma. Pronto, prato feito para quem quer publicar uma notícia quente, no molho da pimenta. Mais do que rápido afirmou que o dirigente socialista queria coligar com o PMDB e a ala petista do vice.

Enviei uma mensagem solicitando o esclarecimento dos fatos ao presidente Roberto Rocha:

Prezado Roberto,

Fiquei sem compreender a posição publicada no EMA, sobre a possibilidade de coligar com o PMDB da governadora e o PT do vice.
Foram suas palavras ou mais uma vez o jornalista entendeu como queria?

Recebi a resposta:

Meu caro Felipe,

Claro que não passa pela minha cabeça, e, penso que de ninguém no partido, coligar com o PMDB de Roseana.

Perguntado sobre a possibilidade do PSB coligar com o PSDB de Castelo, disse que isso não passava de um sonho de verão. Que o projeto do partido é ter candidato próprio e que a política de coligação é com os partidos da base da presidente Dilma, respeitada a realidade local. Por isso não podia ser uma regra militar. Eis que, se por um lado, o PMDB é da base, mas é nosso adversário, por outro, o PPS não é da base, mas é nosso aliado. 

Como você conhece, eles fazem do jeito que convém. Diz que o “sonho de verão” é do Zé Reinaldo, para fazer intriga, e não do Castelo. E, inclui o PMDB excluindo o PPS. 

Bom, o foco era a posição do PSB com Castelo, que ao meu ver, ficou bem claro. Só falei o óbvio.

Abraços,

Roberto Rocha

sábado, 10 de dezembro de 2011

E A SEMANA VAI TERMINANDO COM.....

Com Felipe Klamt

....os deputados de oposição mostrando que o mando Sarney perdeu a tropa....
....a polícia militar e bombeiros parecendo um quebra-cabeça após a “Greve das Botas”....
....o Lupi e a turma do Maranhão dando o fora enquanto é tempo....
....a turma que ninguém nunca acreditou ser do Jackson mostrando que se conta o troco é no filho dele....
....o sim senhora dona Sarney, o Arnaldo Melo, vindo vestido de presidente para tomar satisfações deste blogueiro sobre as postagens da greve, dentro do plenário da assembleia....
....este blogueiro somente respondendo que vai continuar rezando por ele, pelo menos por uma alma livre....
....os jovens deputados da Sarney mostrando que os parlamentares antigos não sabem ser subvernientes as vontades dos Leões....
....o Max, o “Bruto”, reformando o reformado Castelão, armando para sufocar o PT Macaxeira, maltratando o povo do Vinhais Velho....
....a dupla Sarney & Murad inaugurando mais uma UPA da Dilma, sem conseguir terminar nenhum dos 72 hospital de campanha....
....a governadora não querendo fazer o test-drive na nova unidade de saúde....
....o Ricardo, o “Senhor da Dor”, armando em cima dos servidores públicos com um milionário contrato no novo hospital particular....
....o povo de Presidente Dutra denunciando que o hospital de urgência e emergência está no esparadrapo....
....o filho do Sarney, o boa praça Zequinha, atacando o deputado Dutra, querendo defender os da família que nunca o prestigiaram para governador....
....os blogueiros e o jornal da organização querendo empurrar na marra o PCdoB para os braços do Castelo 73....
....os blogueiros Leda e Aragão fazendo curso de vidente na saída do comunista Rubens para a entrada do castelista Othelino....
....o camarada Jerry detonando o jornal oficial da família, desafiando a publicação da nota contra o Castelo....
....a ala do Almeida ainda vendendo o PSB ao Castelo, o do “73”, enquanto o Roberto Rocha deixa a bandalheira continuar....
....o do Alberto, o “Costa”, desesperado para descobrir em qual bolso do Castelo está os R$ 73 milhões para ser usado como “comissão para investir”, tipo CPI, na eleição de 2012....
....o socialista Ribamar Alves dando um tempo para o Simplício Araújo sentir o gosto de ser deputado....
....o acordo entre o PSB e PPS sendo cumprido para cobrar a fatura em 2012....
....o Demóstenes descatitando o Sarney de dedo em riste com palavras no padrão “torpe”....
....o Sarney não dando uma porrada no Torres graças ao seu eterno amigo Collor de Melo....
....o senador de Goiás pedindo desculpas ao Sarney com medo de ser processado pelo estatuto do idoso no caso de um piripaque do velho oligarca....
....o Sarney, como sempre, mandando o Mesquita espalhar que o senador goiano pediu “perdão”.....
....o alucinado do Bacelar acusando o destemido Marcelo Tavares de receber dinheiro em caixa de sapato....
....os seus colegas de organização tendo a certeza que este foi o tipo de cofre na sua "leve e leva" gestão e continua na da outra que virou a sua prefeita na chapadinha....
....o Ricardo Murad e o Lobão armando novamente para o Tatá Milhomem ser o líder da Roseana na assembleia....
....o menino Cafeteira, o “Porcão”, fazendo direitinho o serviço de detonar o líder Rezende derrubando um babaçu de milhão e meio na cabeça do Stênio....
....o possível pagador do afiar os machados, o “Motinha”, sendo enquadrado pelos seus colegas empresários da construção por causa da língua solta....
....os amigos de plenário correndo para acabar com as machadas na Lei do  Babaçu....
....a amiga Roseana dando o adeus para o líder-defensor na assembleia para não ter que virar quebradeira de coco....
....os movimentos sociais mobilizando a cidade com o Dia Internacional Contra a Corrupção na Praça Deodoro....
....os estudantes da saúde montando um cemitério de protesto contra o Castelo e a Roseana na Praia da Marcela....
....o Chafi Braide contando uma generosa história e sendo chamado para alegrar o céu....
....a figura Dona Teté de riba para fazer a galera dançar no cacuriá, que festa no paraíso....

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CAVOCANDO A PARAFERNÁLIA NO ESCANGALHO DO PODER

Com Felipe Klamt

O escangalho está formado na assembleia legislativa, os deputados governistas procuram desesperadamente os R$ 73 milhões diluídos nos bolsos do Castelo para usar como “comissão para investir”, mais conhecida como CPI, nas próximas eleições.

Talvez o líder da Sarney, o Stênio, chegue ao plenário, nesta segunda, anunciando que comprou um monte de machados novos para que os seus colegas virem quebradeiras de coco. A lenha dos babaçuais derrubados vai ajudar a aumentar o fogo do esquema montado pelo Ricardo Murad para colocar o Tatá Milhomem no papel do Rezende e enquadrar a Roseana na escolha do Lobão como candidato a governador.

Como acreditar no parlamento que o governo coloca um totalmente desnorteado Bacelar, daqueles que bem pago pula numa perna só, pita o cachimbo e veste a carapuça do Saci-Pererê. Em um passado recente, a sua família conseguiu contar uma história de poder com mandatos, riqueza e sistema de comunicação devidamente esmigalhado pelo pai da moça por quem ele cumpre a recompensada função de defensor-mor.

Na última parafernália deu uma de vendedor de sapatos para tentar acusar o destemido oposicionista Marcelo Tavares de receber dinheiro dentro de uma caixa, sem nenhuma prova, simplesmente para cumprir o mandado. Pode ser um costume da época que era o da mão que pega tudo na Chapadinha.

Juntado o quase bilhão dos empréstimos com o bilhão e mais alguns dos convênios sem licitação chegamos à perfeita soma para uma organização que está cavocando a rapa da rapa, sabendo que o fim é a palavra de ordem. Somente azucrinando os membros da turminha nada leve, mas que tudo leva, para aguentar tanta malandragem enquanto não chega à derradeira hora da mudança.