quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

SENHOR, OLHAI PELOS NOSSOS MENINOS E MENINAS DE RUA

Com Felipe Klamt

Como entender a falta de compromisso das nossas autoridades com os meninos e meninas de Rua. Na verdade não deveria existir esta situação absurda que assistimos todos os dias nas principais avenidas do nosso estado.

Mais inacreditável é saber que o Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua do Estado do Maranhão fechou as suas portas por falta de apoio do executivo, legislativo, judiciário e da iniciativa privada.

Publicamos a carta do movimento, esperando que os que querem e podem cuidar dos nossos meninos e meninas que estão nas ruas possam ser respeitados e fortalecidos:

Com Todos e Todas Militantes

O Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua é um movimento social, fundado em 10 de agosto de 1985, a partir das experiências inovadoras do Projeto Alternativo de Atendimento aos Meninos e Meninas de Rua. Surgiu do desejo dos educadores em: “criar espaços de articulação entre os programas de atendimentos e dos próprios meninos e meninas de rua”.

Composto por uma rede de educadores e colaboradores voluntários e mais de 800 pessoas de diversos Estados do País, o “Movimento” ao longo dos seus 25 anos de existência tem atuado na defesa e promoção dos direitos humanos das crianças e adolescentes das camadas populares, nos diversos níveis do sistema de garantias do Estado assegurando a aplicação das políticas públicas e fiscalizando os gastos públicos e a sua gestão.

Seu principio fundamental de atuação é considerar crianças e adolescentes como seres humanos, sujeitos de direitos e deveres e em condição especial de desenvolvimento, trabalha para que os meninos e meninas sejam cidadãos sujeitos legítimos e protagonistas em decisões sobre sua própria vida, da sua comunidade e da sociedade em geral.

O Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua do Maranhão, ao longo de exatos cinco anos tem sofrido muitas dificuldades de caráter financeiro e Político, a fim de garantir o desenvolvimento de suas atividades.

No mês de fevereiro de 2008 sofreu uma de suas maiores tristezas, foi surpreendido pela força da natureza com o desabamento por meio das chuvas de sua sede oficial onde funcionava o escritório e acontecia as atividades, com a perda de quase todos os seus bens moveis e materiais, bem como o próprio espaço físico. Esse acontecimento acabou fragilizando a articulação entre os militantes, possibilitou a fragilização total da organização.

Por isso a formação e a organização de meninos e meninas, uma das linhas de atuação do Movimento e a maior estratégia de aglutinação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e a esperança de transformação social em que este Movimento acredita, jamais ficou tão fragilizado como no momento atual.

O Movimento, por sua vez não conseguiu garantir com mas freqüência a articulação com seus núcleos de base, espaços onde os meninos e meninas se reuniam para as atividades. As representações nos espaços institucionais logo foram reduzidas e algumas deixadas de lado.

Durante todo esse tempo a coordenação geral, juntamente com seus militantes fizeram varias tentativas no sentido de restabelecer e fortalecer a atuação deste Movimento. No entanto nada se conseguiu para se consumar tal vontade de todos, sendo deliberado então em assembléia geral realizada no dia 03 de dezembro de 2010 pelo encerramento definitivo das atividades desta organização no Estado do Maranhão.

Neste sentido lamentavelmente comunicamos o encerramento do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua conforme deliberação tomada em assembléia geral entre seus militantes e desejamos uma boa caminhada a todas as organizações em defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes do Estado do Maranhão.

Um comentário:

Cleo Freitas disse...

Continuemos na luta Felipe em favor das crianças do nosso Maranhão, elas merecem o nosso apoio. É uma vregonha para nosso estado tão rico ser tão pobre policamente. Mas o sonho que iniciamos em 2010 com a candidatura de Flavio Dino não terminou, foi apenas adiado e renascerá mais forte na hora oportuna. Boa sorte na luta pra todos nós!!!