domingo, 23 de janeiro de 2011

POR UMA GOTA DE SANGUE

Com Felipe Klamt

Pensei que a balburdia deste governo estava pontuada no como levar um a mais, jamais imaginei que a vida das pessoas seria tratada com fila de espera.
Recebi uma mensagem da Rosângela Leitão, solicitando a postagem de mensagem para doação de sangue para sua  mãe, fato preocupante por envolver uma vida e um estranho esquema no Hemomar.
Publico a mensagem, que sirva para ajudar esta vida e que seja investigado pelo MPE:

Caro Felipe,


Gostaria de solicitar uma divulgação de solicitação de Doação de Sangue.
Meu nome é Rosangela Leitão, minha mãe está internada no Hospital Universitário Presd. Dutra desde o dia 05 deste mês e está aguardando uma cirurgia cardíaca e precisa de doação de Sangue, pois o Tipo Sanguineo dela é "O" Negativo. Já estamos captando algumas doações de outros tipos mas o tipo dela está bem difícil de encontrar por ser um tipo raro de se encontrar. Na Hemomar não há estoque disponível.
Precisamos encarecidamente captar mais doadores, principalmente do tipo "O" Negativo.
Vale lembrar que a pessoa que se dirigir à Hemomar deve falar no ato da apresentação que a Doação será Dirigida à Paciente, pois hoje perdemos duas bolsas pois a Funcionária da Hemomar se fez de surda e direcionou a doação para outra pessoa. 


Segue os dados :

DOAÇÃO DIRIGIDA PARA:
PACIENTE: ROSAURA LAULETTA LEITÃO
HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PRESIDENTE DUTRA
LOCAL DA DOAÇÃO: HEMOMAR
TIPO SANGUINEO: "O" NEGATIVO

Telefone para contato: 8121 3494

Rosângela Leitão
São Luis - MA

2 comentários:

Família Latino-americana disse...

Caro Felipe,

Muito obrigada por divulgar essa solicitação em seu Portal.
É bem verdade que devemos estar acompanhando de perto todas as doações. O que me deixa revoltada é em ver que existem pacientes que já estão há mais de 30 dias aguardando sua cirurgia e por não terem recursos de procura de sangue, pois muitos são do interior do estado, ficam à mercê da boa vontade da Hemomar destinar sangue para o banco do Hospital, obedecendo todas as burocracias possíveis.
Só quem está com um familiar dentro de um hospital se pode ver o quão nosso Sistema de Saúde é precário. Não falo do Dutra, hoje é verdade, está bem melhor do que era, a administração atual está realmente trabalhando, ainda não é o mundo perfeito, mas ainda sim, ele em termos de aparelhos, centro cirúrgico, acompanhamento clínico, está entre os melhores e por que não dizer o melhor do Maranhão. É o que ouvi uma paciente do interior de Paraibano dizer para um familiar seu: " Aqui é o Paraíso, aqui o SUS funciona."

O Tipo de Sangue da minha mãe é muito difícil de se encontrar, porém já encontramos algumas pessoas que pelo simples apelo, se dispuseram a fazer uma doação, mesmo as pessoas que não possuiam o mesmo tipo foram lá para fazer a reposição. Esse é mais um ponto, as pessoas estão tão fechadas em seu mundo que não vêem que ao seu lado alguém precisa de ajuda, seja uma doação de Sangue, seja uma palavra de apoio, um simples gesto. É preciso a gente gritar, apelar para que sejamos ouvidos. O Meu muito obrigada a todas as pessoas que até agora me ligaram mesmo sem conhecer minha mãe, se prontificaram em ajudar e fazer uma Doação.

Rosângela Leitão

Família Latino-americana disse...

Caros,

Venho informar que minha mãe fez a cirurgia nesta segunda, esteve na UTI e já se encontra no quarto se recuperando. Deu tudo certo.
Agradeço a todos o empenho e a vontade em ajudar. Conseguimos muitas bolsas de sangue que serviu muito na hora da cirurgia de minha mãe e também para alguns pacientes que estavam aguardando por sangue para fazer sua cirurgia.

Grande abraço e fiquem com Deus

Rosangela Leitão